background
Terça, 25 Outubro 2016 14:24

AMARELINHOS VÃO USAR BAFÔMETROS EM CUIABÁ

Escrito por 
Avalie este item
(0 votos)

Agentes de trânsito, os chamados "amarelinhos", vão passar a usar etilômetros, os populares "bafômetros", na rotina em Cuiabá a partir da semana que vem.

Os bafômetros registram o nível alcoólico através do sopro.

Pela lei, não é permitido dirigir com quantia de álcool acima de 0,34 miligramas no sangue.

Esta quantia é encontrada em uma tulipa de chopp por exemplo.

Um copo de cerveja, de 350 ml, demora cerca de 1 hora para diluir no organismo. Uma dose de pinga, tequila ou uísque, de 1 h e 15 minutos, e de vinho, 1 h e 25 minutos.

A Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob) anunciou na manhã desta quarta-feira (19) que comprou quatro equipamentos.

Os bafômetros já estão aferidos pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).

O secretário de Mobilidade Urbana, Thiago França, explicou que foram comprados com dinheiro de multas de infrações registradas por radares.

Só em 2016, segundo o secretário, as multas aplicadas na capital renderam R$ 15 milhões.

Ele explica que os bafômetros dos "amarelinhos" vão se somar aos dos agentes de segurança pública que participam de blitzes da operação de lei seca, que costumam ser fixadas em locais próximos a bares, como a avenida do CPA.

"Eles vem para fortalecer não somente a operação lei seca, como também, podemos em conjunto com o Batalhão de Trânsito, fazer operações semanais em Cuiabá", comentou o secretário.

Diferentemente das demais capitais brasileiras, Cuiabá e Boa Vista, em Roraima, aparecem mal nas estatísticas de uso de álcool ao volante. Nestas duas cidades, cresceram em 15,8% as ocorrências em que esta combinação perigosa aparece.

O secretário Thiago destaca que os homens são os que mais fazem isso.

A lei

Beber e dirigir é considerada infração gravíssima.

O lei vigente impõe punição, como retenção do veículo e da CNH e suspensão do direito de dirigir por 12 meses mais multa de R$ 1.915,40.

Motos

Nesta quarta-feira, a Semob anunciou também a compra de oito motocicletas.

Segundo o secretário, elas vão proporcionam celeridade no atendimento a ocorrências de acidentes de trânsito.

Gazeta Digital

 



Lido 208 vezes